Modelo de currículo – Como Fazer um Bom

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io Made with Flare More Info'> 0 Flares ×

A procura por boas colocações no mercado estão crescendo cada vez mais, os profissionais estão se preparando cada dia mais e mais, por uma vaga, que há pouquíssimo tempo atrás era oferecida com menos requisitos do que hoje em dia. Como fazer um modelo de currículo ? Qual a melhor forma de mostrar todas as experiências e conhecidos adquiridos ao longo de toda a vida? O currículo é a melhor forma de apresentação, mais pode ser uma grande armadilha se não for bem elaborado e pensado

Como tirar visto ou seja o passaporte – passo a passo, dicas
Como preencher nota promissória corretamente – confira dicas
Consórcio imobiliário Caixa – conquiste seu sonho da casa própria – dicas, passo a passo

modelo-de-curriculo2

Modelo de currículo e como fazer um bom currículo?

Para que seu currículo seja levado em consideração em uma candidatura à vaga, é preciso:

  • Conter todas as informações pertinentes ao candidato no início do currículo, como: nome, nacionalidade, bairro e estado de residência, idade, informações sobre filhos e contatos (e-mail e telefone) ;
  • Ter um objetivo profissional claro, bem descrito;
  • Ao descrever a formação profissional ou escolaridade, coloque apenas as últimas formações, veja algumas regrinhas para otimizar a leitura do seu currículo:

o   Curso superior completo: descreva a instituição de ensino, o ano de formatura e o curso realizado. Mencione o segundo grau apenas se for pertinente a sua formação superior, como um curso técnico na mesma área;

o   Curso superior incompleto: informe todos os dados citados anteriormente e os dados sobre sua formação de segundo grau, mesmo que não seja pertinente à formação superior.

o   Pós Graduação: informe os dados do curso superior e os dados da sua pós graduação

o   Se houver cursos de especialização, informe o curso, a instituição e o ano de formação ou se estiver em andamento, mencione também a quantidade de horas do curso, lembrando que só entra neste item, cursos acima de 120h ou 4 meses de duração.

  • Fluência em outras línguas
  • E por fim, seu histórico profissional. Se tiver muitas experiências no seu currículo, procure falar sobre as principais, as 3 últimas de preferência. Se todas foram experiências que precisam ser citadas, fale sobre todas de forma resumida, ressaltando os principais pontos.

O que não colocar no currículo?

A maioria das pessoas cometem erros bobos que podem resultar em uma exclusão de um processo seletivo, conheça esses erros e pare de perder oportunidades:

  • Currículo muito extenso, com mais de 2 folhas;
  • Informações pessoais, como endereço, CPF e RG no currículo;
  • Falta de resumo no histórico profissional
  • Informações importantes sem o merecido destaque

Esses 4 erros podem parecer simples, mais demonstram para os recrutadores que você não consegue fazer nenhum tipo de resumo, não se preocupa com suas próprias informações, não se preocupa com a forma correta de enviar uma mensagem e falta de organização. Com isso, suas chances passam de 100% a quase 1%.

Alguns detalhes podem fazer a diferença na hora da sua avaliação, como preocupação com o layout do seu currículo, lembrando que o menos nesse caso é sempre mais, a organização das informações e tipo de fonte utilizada, escolha sempre fontes clássicas como: Arial, Times New Roman ou Verdana e o tamanho das fontes entre 11 ou 12, nunca mais que isso.

Comentários

Comentários

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×